Páginas

domingo, 25 de dezembro de 2011

Resumo: tipos de configuração do TFS 2010

O TFS possui os processos de instalação e configuração bem segregados. No primeiro processo, é possível escolher o que será instalado na máquina. No segundo, podemos escolher quais componentes habilitar, quais instâncias do SQL utilizar, etc. Hoje vamos falar de configuração, e abaixo estão os tipos disponíveis para configuração do TFS.

  • Basic – Permite configurar o TFS para usar o controle de versões, work-items e a parte de testes e lab management. No entanto, não permite a integração com Sharepoint e Reporting Services (cenário, por exemplo, quando instalamos o TFS num sistema operacional cliente, como o Windows 7).
  • Standard – É a configuração que deve ser escolhida ao se instalar o TFS em uma única máquina, mas funciona apenas com Windows Sharepoint Services 3.0. Não permite a escolha de um SQL Server remoto.
  • Advanced – Agora sim, permite usar SQL Server, Sharepoint e Reporting Services remotos. É nela que temos a maior flexibilidade de configuração.
  • Application-Tier Only – É usada na configuração de ambientes com alta disponibilidade (adicionando servidores em um Network Load Balance, por exemplo). Também pode ser usada em cenários em que se move a camada de aplicação do TFS para outra máquina ou em situações de recuperação de desastres.
  • Upgrade – Como o nome diz, deve ser utilizado em situações de upgrade do TFS 2005 ou 2008.
  • Configure Team Foundation Server Proxy – Para quando instalamos o TFS Proxy Server.
  • Configure Team Foundation Build Service – Para quando a máquina onde instalamos o TFS servirá como Build Agent ou Controller.
  • Configure Extensions for SharePoint Products – Configura extensões no Sharepoint para que o TFS possa utilizar (em situações de Sharepoint remoto ou web farm).

O quadro abaixo dá um resumo por cima das 4 primeiras configurações, mostrando suas principais diferenças.

 

  Basic Standard Advance Application-Tier only
Instâncias Multiple-server Single-server Multiple-server Multiple-server
Reporting Não Sim Sim Sim
Sharepoint Integration Não Sim Sim Sim
SQL em outra máquina Sim Não Sim Sim

Se pensarmos num ambiente corporativo com muito uso do TFS (servidores segregados, ou seja, dados, aplicação, Sharepoint e Reporting Services tudo sepadados), basicamente iremos utilizar a configuração Advanced para configurar o primeiro servidor de aplicação (considerando escolher e configurar o SQL Server, Sharepoint, etc.) e depois a configuração Application-Tier only, para configurar os diversos nós do load balance.

Por hoje é só.

[]’s

Nenhum comentário:

Postar um comentário