Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2011

Considerações sobre frameworks corporativos

Imagem
Um dos objetivos mais desejados pelos gerentes no desafio de desenvolver sistemas é a reutilização de componentes com a finalidade de economizar trabalho e tempo (ou seja, dinheiro). Com essa idéia na cabeça e uma boa dose de boa vontade, os desenvolvedores e arquitetos procuram criar ferramentas e componentes que possam ser compartilhados dentro da corporação (frameworks técnicos). Em muitos casos, apesar do esforço, esse objetivo não é alcançado, e acabamos citando o ditado “de boas intenções o inferno está cheio”…Não estou dizendo que a reutilização é um conceito ruim, ao contrário, é claro para a indústria de software prova a necessidade e importancia dela a cada dia. No entanto, gostaria de compartilhar as minhas experiências em relação à esse assunto para ajudar a evitar as armadilhas que aparecem quando decidimos criar um framework corporativo. Trabalhei bastante tempo criando e mantendo esse tipo de software, e acho que tenho algumas boas histórias…Separei três principais base…