Páginas

domingo, 25 de julho de 2010

Abusos dos design patterns

Recentemente recebi de um colega de trabalho um link de um artigo escrito por Rockford Lhotka, criador do framework de desenvolvimento de aplicações CSLA .NET.

Neste arquivo, ele comenta sobre o mau uso dos design patterns nas aplicações.

Ele condena o uso de padrões sem critério algum, ou seja, quando se faz o uso deles apenas por se “achar bonito”, sem se preocupar em realmente identificar um problema a ser resolvido. Isso acontece muito, principalmente quando se lança uma tecnologia nova ou um pattern se torna popular. Temos a tendência de nos “regogizarmos mentalmente” quando fazemos algo complexo.

Em resumo, o artigo cita que se deve:

  1. Utilizar patterns quando se tem um problema a resolver e o padrão se aplica.
  2. Utilizar o padrão quando suas qualidades superarem suas desvantagens (sim, nenhum pattern é perfeito, todos têm seu lado ruim).
  3. Combinar padrões simples para enfrentar problemas complexos.
  4. Quando usado um padrão, ter certeza que todos os desenvolvedores e analistas envolvidos no projeto tenham entendimento dele.
  5. Tomar cuidado com a multiplicidade e dependência que o uso de determinados padrões de nível complexo possam trazer à sua aplicação (faz parte da análise de custo vs. benefício).

Sem mais demoras, o link para o artigo é este:

http://www.lhotka.net/weblog/OnTheUseAndMisuseOfPatterns.aspx.

[]’s

Nenhum comentário:

Postar um comentário